A verdade do uso de máscara para fazer meus treinamentos?


Uma das grandes dúvidas de todos os esportistas nesta etapa da Pandemia e da Pós-Pandemia é se vamos precisar usar máscara para fazer os nossos exercícios.

Todos os que temos usado máscara para sair ao trabalho ou fazer compras de alimentos ou remédios, percebemos o difícil que é respirar através dela manter ela na posição certa. Agora imagine como vai ser respirar num ritmo acelerado e profundo durante uma sessão de exercícios. Será que precisamos mesmo?


A resposta é depende. Depende se vamos treinar sozinhos ou acompanhados, se vamos num percurso lotado de outras pessoas ou se é uma trilha solitária, depende se vamos ficar num lugar aberto ou fechado. Vamos discutir alguns mitos e alguns fatos sob esse tema.


O primeiro mito é que se estivermos a usar máscara num lugar onde todos os outros estão usando a máscara, a gente está protegido de contágio do coronavírus. A verdade é que o uso da máscara ajuda mas não oferece 100% de garantia de proteção.


Um outro mito é pensar que treinar com uma máscara vai permitir fazer o intercambio de oxigênio pela respiração do mesmo jeito que sem a máscara. A verdade é que a respiração vai ser dificultada, vamos ter menor oxigenação, e isso vais comprometer o nosso desempenho no treino. Especialmente se vamos a fazer um treino puxado, com intervalos de alta intensidade.


Um outro mito é que só precisamos usar a máscara em aqueles lugares onde tem outras pessoas e que podemos retirar a máscara quando ficamos sozinhos, e assim, ficar a manipular a máscara a cada vês que vamos nos cruzar com alguém. A verdade é que não devemos tocar a máscara para evitar contaminar a máscara com as mãos ou evitar contaminar as mãos com a superfície da máscara.


Uma outra dúvida é se devemos usar máscaras de algodão (como tem sido sugerido). A verdade é que o algodão vai se molhar com o nosso suor e uma vês a máscara ficar molhada, deixa passar o vírus ao seu interior e de aí às nossas mucosas. É melhor usar tecidos de microfibra ou tecidos respiráveis e de secado rápido.


O fato é que não vai ser fácil treinar fora da nossa casa, ou em lugares fechados ou muito lotados. O ideal segue sendo o treinamento com distanciamento social. Se você consegue treinar num percurso sozinho, joia, você nem precisa usar máscara. Porém, se você vai se cruzar com alguém, o ideal é que você e o outro atleta, estiverem a usar a máscara.


Considerando o fato que a respiração vai ficar um pouco comprometida, você poderia fazer treinos mais curtos, menos intensos, intervalados para ter descansos. Nesses casos, o material da máscara poderia ser elástico para evitar ficar se mexendo no rostro e evitar atrito e contaminação. Uma boa dica é tentar se acostumar às máscara primeiro na casa, por exemplo, fazer uns polichinelos para ver como sua respiração reage ao esforço.


Se treinar num lugar fechado (Academia), procure manter as portas abertas e o lugar bem ventilado, dedicar o tempo ao fortalecimento e menos aos exercícios aeróbicos que demandam mais esforço respiratório, manter uma distância mínima de dois metros com outros atletas, higienizar as mãos e os equipamentos usados com muita frequência, e não ficar muito tempo lá dentro.


O Diretor do Programa de ciências da saúde da Universidade das ciências, o Patrick Davitt tem algumas dicas bacanas:


- Evitar lugares lotados e horários de pico.

- Preferir lugares abertos ao ar livre.

- Não hesite em dar repousos nos seus treinos (intervalados).

- Se precisar ajustar a máscara no rostro, use seu braço.

- Use os buffs como alternativa às máscaras.


Têm algumas marcas de máscaras que vale a pena conhecer, como as máscaras do sistema 3D Knit que oferece a #EvoluteSports no seu site www.evolutesports.com.br


Se tiver alguma dúvida ou comentário, deixe-o aqui ou nos contate no e-mail comercial@42ksuplementos.com.br ou no whats (41)995323434

52 visualizações
0

42k Suplementos Nutricionias LTDA

CNPJ 22.632.989/0001-99

Rua Odete Laura Foggiato 360 CEP 82630040 Curitiba, PR. Brasil S.A.C (41)995323434

Todos os pedidos são postados nos correios num prazo máximo de até dois dias úteis.